Imóveis compactos influenciam na decisão dos consumidores

Publicado em: 04/09/2013

Os apartamentos compactos são os mais solicitados nas grandes capitais. Com a correria do dia a dia, ter um imóvel com sinônimo de praticidade se tornou quase que uma exigência. Os compradores estão optando por trocar os espaços amplos por uma melhor localização.

A área média dos apartamentos lançados na capital paulista caiu 28% de 2007 para 2012, passando de 102,33 para 73,24 metros quadrados. Na verdade, o que esta estatística revela é que houve uma queda no número de apartamentos maiores lançados nos últimos cinco anos.

Atualmente, aqueles que pretendem adquirir um novo imóvel se deparam cada vez menos com ofertas de apartamentos amplos. De acordo com as estatísticas da Embraesp (Empresa Brasileira de Estudos de Patrimônio), compiladas pelo Secovi-SP, entre os anos de 2007 e 2012, houve uma queda de 63,6% no número de lançamentos de três e quatro dormitórios na capital paulista, imóveis que costumam ter a área média muito maior.

Os imóveis compactos costumam ser construídos em áreas nobres com fácil acesso às diversas regiões. Para otimizar a área útil dos apartamentos, as incorporadoras apostam em lavanderias coletivas nas áreas comuns do prédio, além de oferecerem uma série de outros serviços dentro do próprio condomínio, que são pagos à parte, como serviços de saúde, beleza, entre outros.

Pensando em comprar ou investir em imóveis? Planejando a sua compra por meio do Consórcio de Imóveis, você não paga juros e fica livre das parcelas intermediárias. Sem burocracia, não é necessário comprovar renda no ato da adesão e você poderá ser contemplado com a carta de crédito a qualquer momento. Faça uma simulação agora mesmo e conheça as inúmeras vantagens!



Veja mais notícias