Financiar imóvel usado ficará mais difícil a partir de agora

Publicado em: 26/09/2017
Financiamento imóveis usados

O valor de entrada para comprar a casa própria terá que ser maior para quem deseja financiar um imóvel usado. A mudança de agora, praticada pela Caixa Econômica Federal, implica no financiamento de apenas 50% do valor da casa ou apartamento, inclusive do Programa Minha Casa Minha Vida.

Anteriormente era possível parcelar entre 60% e 70% do total. A redução dos limites visa o reajuste do capital disponível da instituição financeira. Para os imóveis novos, a regra não muda, e 80% do valor pode ser parcelado pelo banco.

Diante dessa e de outras situações, como aumento do desemprego e juros elevados, financiar um imóvel novo ou usado tem se tornado cada vez mais burocrático. Por isso, o sistema de consórcios tem apresentado alternativas econômicas e acessíveis, como parcelamento integral, custo baixo e planos flexíveis para escolher o bem mais desejado.

Pelo consórcio, um imóvel no valor de R$ 70 mil pode ser adquirido em um plano de 100 parcelas, no valor de R$ 850,50 mensais. É possível fazer uma ou mais simulações para encontrar a melhor alternativa. Entre casa, apartamento, terreno ou imóvel na planta, é possível escolher entre comerciais ou residenciais, novos ou usados.

Faça uma simulação online com o valor da carta de crédito desejada e confira todas as vantagens!

Fonte: Diário do Grande ABC

Veja mais notícias