Evite os juros! Seu dinheiro vale mais do que você imagina!

Uma boa parte dos brasileiros tem a mania de comprar a prazo, convencidos de que essa é a única maneira de conseguir as coisas de que precisam. Mais querem, do que precisam, muitas vezes.

As pequenas parcelas dos inúmeros financiamentos e crediários vão se acumulando no já apertado orçamento doméstico e escondem um inimigo que destrói, aos poucos, seu poder de compra: os juros! A melhor opção é comprar á vista, ou também você também pode optar pelo consórcio de imóveis, automóveis, outros bens ou serviços.

Veja o exemplo de uma TV LCD que pode ser comprada com pagamento à vista de R$1.399,00 ou financiada em 20 parcelas de R$119,00. O financiamento esconde uma taxa de juros de quase 6% ao mês. Como você não tem dinheiro para comprar à vista, embarca em mais um financiamento que vai custar, ao final de 20 parcelas, o valor de R$2.380,00. Você terá pago sua TV mais juros de R$981,00, suficientes para comprar um belo fogão ou uma máquina de lavar roupas.

O segundo exemplo é um pouco mais cruel e retrata uma compra de R$1.000,00 financiada no cartão de crédito em 12 parcelas. Desta vez, seu inimigo é de 10% ao mês, mas, como você não sabe direito quanto dinheiro isso quer dizer (ou prefere não saber), e está seduzido pelo desejo de possuir aquele celular, decide pela compra. Ao final de 12 meses o seu celular terá custado R$3.138,00, ou seja, você levou um celular e pagou por três.

Se você se identificou com essa história, pare enquanto é tempo. Com um pouco de organização e disciplina, você pode mudar o rumo dessa história e fazer o seu dinheiro valer mais.

Faça um pacto consigo mesmo e com sua família no sentido de planejar as comprar, decidir as prioridades e estabelecer um limite de gastos mensal. Vocês terão que fazer escolhas, como tudo na vida, e adiar despesas para o mês seguinte quando o orçamento acabar.

Não avance o sinal! O preço é muito alto, tanto no sentido monetário quanto em futuras preocupações. Aprenda a controlar seus gastos e identifique quanto cada um representa da sua renda.

Não se esqueça dos pequeninos, julgando que são de menor importância. Você vai se surpreender com o montante deles no fim do mês. R$5,00 aqui, R$2,00 lá, R$7,00 acolá e, sem perceber, lá se vão R$200,00 ou R$400,00 por mês.

Cultive o hábito de poupar ao menos 10% da sua renda familiar para os projetos futuros: a viagem de férias, a reforma da casa, a escola dos filhos.

Ao invés de pagar juros, você vai receber juros e vai ver como é bom estar do outro lado da mesa, do lado de quem recebe e não de quem paga juros.

Dicas que valem dinheiro

1. Cultive o hábito de poupar

2. Esqueça o limite do cheque especial

3. Não cometa o erro de lançar o cartão de crédito na sua planilha de orçamento

4. Se você está gastando mais do que você ganha, não tem outro jeito, convoque sua família para um plano de cortar gastos

5. Acumule uma reserva financeira. Isso vai lhe dar tranquilidade para enfrentar situações inesperadas

Instale o App para falar com o Mycon®

Tudo simples. Tudo pelo celular.

Você fala com ele e escolhe o seu plano. Faz a gestão do seu consórcio. Acompanha os sorteios e dá lances. Tudo para que possa administrar a sua cota de consórcio.

  • App Mycon Apple
  • App Mycon Google Play