A A A

Dicas para escolher os tipos de piso ideais para sua casa

Publicado em:  

Para cada ambiente, combinado às necessidades do proprietário, há um piso ideal. Veja quais os tipos de piso disponíveis no mercado e quais as vantagens e desvantagens de usá-los. Saiba também qual a melhor opção para cada cômodo de sua casa.

Cimento Queimado

O cimento queimado deve ser evitado nas áreas externas, pois ele não tem durabilidade muito alta, e acaba rachando. No entanto, no interior da casa, usando combinado com faixas de cerâmica, ladrilhos e pedras, o piso ganha charme.

Cimento Queimado

Como não possui rejuntes, o cimento queimado é fácil de limpar. No entanto, deve evitar-se usá-lo na cozinha, pois respingos constantes de gordura podem manchar o revestimento. Saiba também que sapatos também podem resultar em machas no piso, mas estas são facilmente retiradas com sabão, água e esponja.

O piso de cimento queimado, quando molhado, fica escorregadio.

Porcelanato

Este piso é o preferido de muitos arquitetos e de proprietários devido à alta resistência à abrasão, à durabilidade e à grande variedade de tons e texturas. O porcelanato é bastante impermeável e sua instalação é relativamente rápida.

Porcelanato

Versões de porcelanato

  • Técnico, polido ou natural: versão mais comum do porcelanato. Possui um brilho superior ao das pedras naturais, com reflexos. Este piso é escorregadio, o que deve ser avaliado na hora da escolha.
  • Acetinado ou mate: é fosco e gera menos desconforto visual de frieza.
  • Rústico: é antiderrapante, mais usado em áreas externas. Não é uma boa opção para a cozinha, pois sua limpeza é mais difícil, já que retém gordura com mais facilidade.   

É possível usar o porcelanato em ambientes internos e externos e ele é muito utilizado especialmente em cozinhas em banheiros. Contudo, nada impede que seja a opção para salar e quartos. Cores mais escuras e com texturas amadeiradas transmitem conforte. Já as cores claras dão a impressão de que o ambiente é maior.

Madeira

O piso de madeira maciça, assim como o de parquê e o de taco, é mais nobre e mais caro, mas existem opções que também misturam outros materiais, diminuindo o custo. É ideal para salas e quartos, pois traz maior sensação de conforto.

Madeira

Tipos de madeira

  • Assoalho ou taboão: tem como principais vantagens a durabilidade e o conforto térmico. Caso escolha este piso, verique a procedência da m adeira e peça garantias sobre a secagem da madeira em estufa, para evitar a compra de material verde. Para limpar, use um pano úmido bem torcido.
  • Madeira reciclada: é possível encontrar à venda produtos que misturam  60% de madeira reaproveitada e 40% de madeira maciça.
  • Taco: é produzido com placas de madeira nativa em tamanhos variados. O ponto positivo é que podem ser colocados sobre outros pisos. É mais comum encontrá-los em formatos de espinha-de-peixe, escamas-de-peixe, dama, paralelo e convencional.
  • Parquê: sua diferença em relação ao taco está na medida: são quatro peças unidas que formam uma placa.

Piso Laminado

É mais barato que a madeira maciça e pode ser encontrado em várias opções de texturas. Pode ser inclusive uma réplica diel da madeira natural, imitando ranhuras e tons. Em geral, é fabricado a partir de madeiras de reflorestamento e é mais resistente a riscos do que a madeira natural. Se você estiver preocupado com a acústica do ambiente, dispense-o.

Piso Laminado

É um bom piso para colocar na sala e nos quartos. Sua limpeza deve ser feita com pano úmido ou detergente neutro e produtos que possuam somente ação de limpeza desinfetante. Se derrubar um líquido nele, limpe imediatamente ou terá que conviver com manchas.

Carpete de madeira

É semelhante ao laminado estando a diferença no fato de que o carpete de madeira a contracapa, o miolo e a lâmina decorativa são de madeira natural. Além disso, o carpete recebe verniz. Devem ser tomados os mesmos cuidados que com o laminado para preservar este tipo de piso.

Carpete de madeira

Pisos de borracha ou emborrachados

Ideais se está procurando um piso antiderrapante, acústico e que absorve impacto. São indicados para salas de ginástica, recreação infantil e locais de alto tráfego e alguns modelos devem ser usados apenas em áreas internas. Não é recomendado usar na área do box do chuveiro.

Pisos de borracha ou emborrachados

Pisos de vinil ou vinílicos

Como é possível fazer desenhos com recortes deste piso, ele é o mais procurado em projetos modernos. Além disso, quando fabricado a partir de materiais reciclados, é uma opção mais ecológica.

Este tipo de piso é macio e térmico, sendo indicado para ambientes internos. Ele pode ser encontrado em forma de tapete, placa ou manta e normalmente é fixado com cola.

Pisos de vinil ou vinílicos

Lembre-se de evitar o uso deste piso em banheiros, pois a cola pode ter seu desempenho comprometido pela umidade. Para limpar é possível usar cera acrílica, detergente neutro, removedor acrílico e selador.

Fonte:  / Assessoria de Imprensa

Leia mais sobre: pisos construção decoração Dicas

*Comentário sujeito a aprovação

Solicite uma Ligação

Ligamos para você

Receba em instantes uma ligação
e esclareça todas as suas dúvidas

Agende uma Visita

Solicite uma Visita

Sem compromisso vamos até você e
explicaremos as vantagens do Consórcio.

Atendimento Online

Atendimento Online do Consórcio de Imóveis

Das 8h00 às 18h00 - 2ª a 5ª Feira
Das 8h00 às 17h00 - 6ª Feira
Horário de Brasília

Vantagens do Consórcio

Vantagens do Consórcio

Confira as vantagens de programar
a compra do seu imóvel
através do Consórcio.

Acompanhe nas redes sociais