Creci informa que imóveis usados representam 42% das vendas em SP

Publicado em: 26/03/2010

De acordo com pesquisa divulgada pelo Creci-SP (Conselho Regional dos Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo), os imóveis usados com valor superior a R$ 200 mil foram os preferidos dos paulistanos em janeiro, com participação de 57,45% nas vendas.

Quando analisadas as regiões de São Paulo, o maior percentual de vendas foi registrado na zona A, que engloba bairros como Alto da Boa Vista, Alto de Pinheiros e Campo Belo, que apresentou 53,10% de representatividade no primeiro mês do ano.

Em seguida, está a zona D, que engloba bairros como Água Rasa, Americanópolis e Aricanduva, com 17,01% do total. Atrás, vêm as zonas B, com 12,22%, e C e E, com 8,84% cada.

Preços

Considerando a faixa de preço abaixo de R$ 200 mil, que representou 42,55% dos imóveis vendidos na capital paulista, os mais procurados foram os de valor de R$ 141 mil a R$ 160 mil, com 19,15% .

Vendas

De acordo com os dados, 146 imóveis usados foram vendidos na capital em janeiro último pelas 400 imobiliárias consultadas pelo Creci-SP. Com isso, o índice de vendas ficou em 0,3650 no primeiro mês do ano.

Zona A: bairros como Alto da Boa Vista, Alto de Pinheiros, Campo Belo

Zona B: bairros como Aclimação, Alto da Lapa, Brooklin

Zona C: bairros como Aeroporto, Água Branca, Bosque da Saúde

Zona D: bairros como Água Rasa, Americanópolis, Aricanduva

Zona E: bairros como Brasilândia, Campo Limpo, Grajaú



Veja mais notícias