Consórcio para comprar um imóvel comercial

Publicado em: 30/03/2020
comerciais

Você sabia que a carta de crédito do consórcio é uma forma acessível de comprar bens e ainda equivale à uma compra à vista? Além dessas vantagens, assim que houver a contemplação por sorteio ou lance, você pode usar o crédito para comprar qualquer bem ou contratar qualquer serviço pertencente à categoria de seu grupo de consórcio. Portanto, se você fizer um consórcio para adquirir um imóvel, poderá optar pelo segmento residencial ou comercial, ou ainda, optar por um imóvel na planta.

O parcelamento é integral, sem juros e os custos são mais acessíveis. Caso o valor do bem seja inferior ao crédito, o valor restante poderá ser utilizado para quitar as parcelas a vencer na ordem inversa. Se o valor do bem desejado for superior ao crédito, você fica responsável por quitar essa diferença.

Antes mesmo de encontrar o imóvel comercial ideal, você pode fazer uma simulação de consórcio com o valor desejado e conferir planos e parcelas que atendam os seus objetivos. Com a sua compra já programada, você poderá analisar ofertas e pesquisar valores. Confira algumas dicas para ajudar na escolha:

Qual é a sua necessidade?

É mais fácil buscar por um bem quando já se tem um perfil desejado. Metragem, vaga de garagem, valor médio e localização são importantes para um primeiro passo.

Qual é o valor desejado?

Antes de fechar negócio com o primeiro imóvel que aparecer, faça uma pesquisa de preços junto a outros imóveis da região desejada. Valores de condomínio também devem ser levados em consideração.

 

Consórcio

Se você optou pelo sistema de consórcios para programar a compra do seu imóvel comercial, antes de assinar o contrato, leia atentamente as cláusulas contratuais para conhecer direitos e obrigações, além verificar valor do crédito, prazo, percentuais de contribuição e regras para contemplação.

Independente da escolha, o consumidor é capaz de planejar de acordo com parcelas que cabem no seu bolso. Dessa forma, a modalidade de consórcio incentiva o consumidor a traçar o orçamento mensal e a programar o uso dos recursos para a aquisição de bens, funcionando também como uma “blindagem” contra as compras desnecessárias ou sem planejamento.

Faça uma simulação e confira!


Veja mais notícias