Consórcio chega a ser 3X mais barato que financiamento

Em um Estado que ainda enfrenta problemas por causa do déficit habitacional, os consórcios de imóveis se transformaram em uma alternativa interessante para a conquista da tão sonhada moradia própria. Em 2009, por exemplo, consórcios deste tipo atraíram mais de dez mil piauienses, um recorde se comparado com o verificado nos últimos anos.

Em 2007, a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios do IBGE evidenciou que 139.318 famílias ainda não tinham moradia no Estado. Novas pesquisas não foram realizadas até o momento, mas profissionais da área admitem que houve um decréscimo nos números. E um dos motivos está relacionado ao crescimento na procura por consórcios de imóveis.
As facilidades justificam essa evolução.
O custo com consórcio de Imóveis chega a ser três vezes mais barato que um financiamento normal feito por construtoras ou bancos. As taxas de juros no consórcio de imóveis não existem, os reajustes são pequenos e anuais, sem falar nos prazos, bem menores que o convencional.

“O Consórcio é um investimento forçado, uma poupança que é feita com o intuito de receber o bem depois. Para os mais impacientes, há a chance de concorrer todos os meses, seja por sorteio ou lances, por uma contemplação antes do prazo estipulado”, analisou o economista Valmir Falcão, acrescentando que a Legislação atual permite a aquisição de bens imóveis por meio de consórcios.

No caso específico dos lances, até o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço pode ser utilizado no consórcio, o que além da possibilidade da aquisição imediata do imóvel, contribui para diminuir a quantidade de parcelas ou mesmo o valor negociado.

O economista acredita que alguns cuidados não devem deixar de ser levados em consideração. “O cliente tem que observar a credibilidade da empresa, as taxas de juros e administração e a garantia fornecida para a administração do fundo. No mais, não há restrições”, avaliou, informando que a tendência agora é de mais procura por parte das pessoas.

Tal realidade motivou a realização de um Feirão de Imóveis, que acontece nos dias 11,12 e 13 de dezembro de 2009, na Avenida João XXIII. “Será uma ótima oportunidade para aqueles que ainda vivem de aluguel. Em termos de negócios, o prazo maior é de 12,5 anos, e o reajuste anual marcado pelo Índice Nacional de Construção Civil é de apenas 5%”, informou Roberto Carvalho, Gerente de uma das empresas que trabalham no ramo.

Outra novidade são os preços, que variam de acordo com as condições financeiras de cada um. “Para obter uma Carta de Crédito de 40 mil reais, por exemplo, existem parcelas onde o valor mínimo é de 269 reais por mês, dependendo também do prazo escolhido”, acrescentou Carvalho.

Instale o App para falar com o Mycon®

Tudo simples. Tudo pelo celular.

Você fala com ele e escolhe o seu plano. Faz a gestão do seu consórcio. Acompanha os sorteios e dá lances. Tudo para que possa administrar a sua cota de consórcio.

  • App Mycon Apple
  • App Mycon Google Play