Comprar imóvel em Salvador e fazer um bom negócio

Publicado em: 27/08/2013

Salvador é o terceiro município mais populoso da região nordeste e o sétimo mais populoso do Brasil, de acordo com as estatísticas do IBGE. Considerado o centro econômico do estado, Salvador é também um porto exportador, centro industrial, administrativo e turístico.

A pesquisa inédita divulgada no Guia de Imóveis 2013 aponta que após cinco anos de euforia, período em que o total de lançamentos de imóveis chegou a triplicar, o mercado imobiliário de Salvador apresenta sinais de estabilização. O número de novos empreendimentos caiu pela metade em 2012, para aproximadamente 8.000 unidades.

Entretanto, pela primeira vez desde 2005, o número de imóveis vendidos foi maior que a quantidade de lançamentos. Mesmo assim, o número de casas e apartamentos vagos na capital baiana ainda é muito elevado. A tendência geral é de estabilização dos preços, mas há chance de valorização em alguns lugares, afirma o diretor nacional de negócios da Incorporadora João Fortes, que pretende lançar um condomínio com apartamentos de até 900 metros quadrados em Vitória, um dos bairros mais valorizados de Salvador.          

Os estudos revelam ainda, o preço médio do metro quadrado praticado nos bairros de Salvador. Confira abaixo:

Imóveis usados

De R$1.780 a R$2.500: Amaralina, Barbalho, Centro, Itapuã, Nazaré, São Marcos e São Rafael.

De R$2.600 a R$3.000: Acupe de Brotas, Brotas, Canela, Parque Bela Vista, Pernambués e São Cristovão.

De R$3.100 a R$3.500: Boca do Rio, Cabula, Chame-Chame, Costa Azul, Federação, Garcia, Luís Anselmo, Matatu, Piatã, Stella Maris e Vila Laura.

De R$3.550 a R$4.000: Av. Centenário, Campo Grande, Candeal, Graça, Imbuí, Jardim Apipema, Paralela, Pituba, Rio Vermelho e Stiep.

De R$4.100 a R$4.500: Barra, Caminho das Árvores, Cidade Jardim e Itaigara.

De R$4.501 a R$5.000: Alphaville, Jardim Armação, Ondina, Patamares e Pituaçu.

De R$5.200 a R$5.800: Aquarius, Garibaldi, Horto Florestal e Vitória.

Imóveis novos

De R$3.500 a R$3.750: Brotas, Cabula, Imbuí, Vila Laura.

De R$3.800 a R$4.100: Cajazeiras, Cidade Baixa, Mata Escura e Paralela.

De R$4.100 a R$4.900: Centro, Federação e Jardim Armação.

De R$5.000 a R$5.950: Pituaçu, Pituba e Vitória.

De R$6.000 a R$8.400: Barra, Horto Florestal e Rio Vermelho.

Está pensando adquirir um imóvel na região de Salvador? Programando a sua compra por meio do Consórcio de Imóveis, é possível escolher o valor do crédito a ser utilizado, o plano e as parcelas que cabem no seu orçamento. No consórcio, não é necessário entrada e você fica livre dos juros e das parcelas intermediárias, além de não precisar comprovar renda no ato da adesão. Faça uma simulação agora mesmo.


Veja mais notícias