Como sair do aluguel com a chave da casa própria em mãos?

Publicado em: 22/02/2017
Como sair do aluguel?

Alugar um imóvel foi a saída para alguns diante da necessidade e dos momentos de instabilidade econômica. Entretanto, em janeiro, os valores médios de locação residencial subiram 0,9% na capital paulista, comparado ao mês anterior. No acumulado de 12 meses, esse aumento foi de 0,7%, segundo dados divulgados pelo Secovi-SP.

Para os imóveis de 3 dormitórios, a alta foi de 2,5%. Com 2 quartos, o aumento foi de 1,1%, enquanto que os de 1 dormitório, a queda foi de (-0,30%).

Para quem busca alternativas para sair do aluguel, fazer um consórcio imobiliário optando por um plano acessível para médio ou longo prazo, pode ser uma saída interessante e econômica. Ao apresentar parcelas menores que outras modalidades do mercado, mais atraentes até mesmo que os valores de um aluguel, o consórcio pode ser planejado com segurança e tranquilidade. Sem a incidência de juros ou burocracia, é possível comprar uma cota e concorrer mensalmente aos sorteios, sem sobrecarregar o orçamento.

Para ter a chave da casa própria em mãos, é preciso estar com as parcelas em dia e acompanhar os sorteios mensais, transmitidos ao vivo e online durante as assembleias. Para facilitar o recebimento da sua carta de crédito, quando houver um valor adicional para investir nessas etapas, ofertar um lance pode aumentar as suas chances de contemplação. Abono salarial, férias e saldo do FGTS inativo podem ser grandes aliados para a sua oferta de lance.

Se você ainda não faz parte de um consórcio para adquirir a casa própria, faça uma simulação para conhecer planos, bens e facilidades disponíveis para a sua realização.
 
Fonte: Secovi-SP
 


Veja mais notícias