Coliving: o novo jeito de morar do brasileiro

Publicado em: 29/09/2017
Conheça a nova tendência de coliving

Novos, modernos e minúsculos, os apartamentos em construção nas grandes cidades brasileiras contam agora com 45, 30, 14 e até 10 metros quadrados. Sobre a metragem? De acordo com o mercado, esse fator será cada vez menos importante para um público específico.

Na cidade de São Paulo é possível encontrar apartamentos com menos de 20 metros quadrados comercializados a mais de R$ 100 mil. Tamanho importa? Nesse cenário, o bairro, a região nobre e as mais diversas opções que cercam o local são os mais atrativos para quem busca um imóvel dentro desse segmento.

Além da infraestrutura na região, as áreas comuns também são tão influenciadoras quanto os tamanhos. Fazer ginástica, lavar roupa e até mesmo fazer uma refeição junto ao vizinho tornaram-se atitudes comuns nos dias de hoje, seja para tornar a vida mais prática ou para trazer comodidade. Trata-se da tendência imobiliária de coliving. Uma forma descomplicada de morar e que promove ainda a troca de experiências e de culturas também.

Para investidores, segundo a pesquisa da VivaReal, a demanda por apartamentos de até 50 metros quadrados, nos últimos dois anos, tem sido maior que a oferta. Em 2016, a demanda por apartamentos de até 50 metros quadrados foi de 14%, enquanto a oferta não saiu do patamar dos 10%. Os apartamentos menores são mais atrativos para investidores que pretendem alugar os imóveis.

Faça uma simulação com o Consórcio de Imóveis e conheça todas as possibilidades ao programar a sua compra sem juros. Escolha o valor da carta de crédito e o plano mais interessante para o seu objetivo de compra.  
 
Fonte: Exame

Veja mais notícias