Banco Central libera saque de cota de consórcio de imóveis em dinheiro

Publicado em: 07/05/2020
dinheiro

Uma boa notícia para os consorciados: o Banco Central passou a permitir o pagamento da cota contemplada em consórcios de imóveis até 31 de dezembro deste ano, por conta da pandemia do novo coronavírus.

Com a flexibilização da regra, o cliente que está passando pela dificuldade de aquisição do bem no mercado ou tem a necessidade urgente de recursos em meio à crise, será beneficiado com a nova medida e pode escolher entre receber o valor em espécie ou o crédito em conta.

A autoridade monetária alterou temporariamente e de forma excepcional essa regra por conta da pandemia, visando injetar dinheiro na economia e beneficiar diretamente aqueles que estão com suas cotas já contempladas. No entanto, vale ressaltar que o pagamento está condicionado à quitação de todas as obrigações com o grupo e com a administradora de consórcio.

Juntamente com esse benefício, a autoridade definiu ainda que, na formação de grupos de consórcio em que os créditos sejam de valores diferentes, aquele de menor valor não poderá ser inferior a 30% do crédito de maior valor. Antes, o percentual era de 50%. Além disso, o prazo para formação de grupos de consórcios passou de 90 para 180 dias até 1º de dezembro, uma alteração vantajosa para aquele que acabou de entrar em um grupo ou para quem ainda vai entrar.



FONTE: Exame/Folha de S. Paulo


Veja mais notícias