Consórcios de imóveis avançam e novas cotas crescem mais de 20%

Publicado em: 18/12/2019
Consórcios de imóveis avançam e novas cotas crescem mais de 20%

Comprar um imóvel está cada vez mais fácil com a ajuda do consórcio. A modalidade é ideal para quem não tem pressa para adquirir o bem e possui disciplina financeira. As parcelas são facilitadas e livres de juros, vantagem muito importante atualmente, quando os juros dos financiamentos estão cada vez maiores e até abusivos.

Segundo a Associação Brasileira das Administradoras de Consórcio (ABAC), o consórcio fechou o último mês de outubro com recorde de 2,38 milhões de novas cotas vendidas e com crescimento de 12,8%.

13º salário e FGTS

É bastante comum nesta época do ano que muitos consorciados utilizem parcial ou totalmente os valores recebidos como 13º salário para quitação de parcelas ou oferecimento de lances em grupos que participam. Para os que ainda não aderiram a um grupo para aquisição de imóvel, a aplicação desses valores pode ser o início de uma nova fase de vida.

Consórcio de Imóveis

No setor de imóveis, a procura pelo consórcio continua grande com objetivo de concretizar o sonho da casa própria. Há também os que buscam a formação ou ampliação de patrimônio, enquanto outros focam em adquirir imóveis para locação com o objetivo de obter rendimentos extras e melhorar sua renda mensal antes ou durante a aposentadoria.

Em outubro, o volume de participantes ativos, que se aproxima do milhão de adesões, atingiu 979,17 mil, 11,6% mais que os 877 mil do mesmo mês em 2018.

Com o aumento de 9%, o tíquete médio mensal, que estava em R$ 138,56 mil, atingiu R$ 151,05 mil e provocou alta de 31,3% nos créditos comercializados no acumulado do período. O total apontou R$ 39,48 bilhões (jan-out/2019) quando anteriormente era de R$ 30,07 bilhões (jan-out/2018). As adesões também se ampliaram, 20,1%, com evolução de 219,75 mil (jan-out/2018) para 263,95 mil (jan-out/2019).

Em paralelo, o total acumulado de contemplações anotou crescimento de 6,4%, com 60,10 mil (jan-out/2018) passando para 63,97 mil (jan-out/2019). Os correspondentes créditos concedidos expandiram 7%, de R$ 5,99 bilhões (jan-out/2018) para R$ 6,41 bilhões (jan-out/2019).

De janeiro a outubro deste ano, 3.517 consorciados-trabalhadores, participantes dos grupos de consórcios de imóveis, utilizaram parcial ou totalmente seus saldos nas contas do FGTS, totalizando R$ 167,87 milhões, segundo o Gepas/Caixa.

Que tal começar o novo ano dando um passo para a realização dos seus sonhos? Faça uma simulação, encontre o plano que se encaixa no seu orçamento e comece agora mesmo a programar sua compra. O consórcio é facilitado e livre de juros, mais vantagem e economia pra você!






FONTE: ABAC


Veja mais notícias